Casos de Sucesso e Práticas Empresariais

08/12/2011
COMPARTILHE

Diversas empresas já trazem para suas operações e para seus produtos o conceito de mensuração, gestão e redução de emissões de gases de efeito estufa (GEE), e suas iniciativas devem ser reconhecidas e replicadas.

Abaixo, veja casos de sucesso de empresas brasileiras, cujas iniciativas de gestão das emissões dão suporte e são complementares aos inventários corporativos de GEE, desenvolvidos e divulgados através do Programa Brasileiro GHG Protocol e do Registro Público de Emissões.

Assista também a casos internacionais em gestão de baixo carbono relatados em vídeo e compilados pelo Carbon Trust.

CASOS DE SUCESSO - 2011

Soluções inovadoras no contexto da mudança do clima podem ao mesmo tempo ir de encontro com os anseios de clientes e estimular a excelência operacional na prestação de serviços de uma empresa. A Promon Engenharia aderiu em 2010 ao Programa Brasileiro GHG Protocol, buscando um novo modo de se fazer engenharia. Leia mais


A Lwart Química, empresa de Lençóis Paulista (SP) especializada em soluções para impermeabilização na construção civil, é a primeira do seu setor a calcular as emissões de gases de efeito estufa (GEE). Leia mais


Após o lançamento do Programa de Sustentabilidade do Grupo Siemens no Brasil em setembro de 2010, foi elaborada uma ação na fábrica com o objetivo inicial de realizar o inventário de emissões de gases de efeito estufa com a orientação e participação no Programa Brasileiro GHG Protocol. Leia mais


Gelnex aposta na cultura de inventários de emissões para contribuir com uma economia de baixo carbono. A empresa aderiu ao Programa Brasileiro GHG Protocol em 2009. A partir daí a elaboração de inventários passou a fazer parte da corporação. Leia mais


O inventário permitiu a empresa conhecer o perfil das emissões, revelando a predominância de emissões indiretas, tanto pelo uso de insumos de elevado teor de carbono, como aço e cimento, quanto pela grande utilização de serviços subcontratados. Leia mais


PRÁTICAS EMPRESARIAIS - 2010

Abaixo são apresentados exemplos de boas práticas a serem considerados para uma boa gestão e monitoramento dos GEE das organizações, assim como para a elaboração dos inventários corporativos de GEE.

Alcoa elabora seu inventário de emissões pelas abordagens de controle operacional e participação societária. Com uma estrutura de processos relativamente complexa no Brasil, controla totalmente as operações de nove unidades e participa societária em outras sete.
Leia mais


A Companhia de Bebidas das Américas (Ambev), após a adesão ao Programa Brasileiro GHG Protocol, ampliou o monitoramento das emissões de GEE de fontes móveis e melhorou a performance de seus sistema de gestão ambiental. Leia mais


A quantificação e gestão de emissões de Escopo 3 é o principal desafio enfrentado pelo Banco do Brasil, pelo Bradesco, pelo Itaú Unibanco e pelo Santander para publicar inventários cada de acordo com os princípios do Programa Brasileiro GHG Protocol e assim possibilitar uma gestão eficiente dessas emissões. Leia mais


A Companhia Energética de São Paulo (CESP) é uma empresa de geração de energia hidrelétrica de baixa emissão direta de GEE. Por este motivo buscou em seus inventários a contabilização do máximo de emissões indiretas possível. Leia mais


CNEC WorleyParsons Engenharia S.A. desenvolveu uma metodologia para quantificação das emissões de GEE provenientes do deslocamento de seus funcionários de casa ao trabalho. Essa fonte de emissão correspondeu a cerca de 32% do total no seu Inventário 2008. Leia mais


Nessa entrevista concedida ao site Matriz Limpa, Pedro Sirgado, diretor-executivo do Instituto EDP, fala sobre as iniciativas da empresa para fazer a gestão e reduzir emissões de gases do efeito estufa e aperfeiçoar seus inventários corporativos no contexto do GHG Protocol. Assista ao vídeo


Reduzir e mitigar as emissões de GEE e desenvolver produtos menos intensivos em carbono representam oportunidades para atender às demandas de consumidores e investidores cada vez mais conscientes. Esta foi uma das estratégias utilizadas pela Natura para se posicionar como um líder corporativo nacional e internacional no tema da sustentabilidade. Leia mais



O grande desafio para a Suzano foi sistematizar o inventário e garantir que os dados fornecidos a cada ano fossem coletados de maneira uniforme, assegurando desta forma qualidade e exatidão nos resultados finais do Inventário. Leia mais